Bem vindo e fique a vontade. Agradecemos qualquer comentário, sugestão, crítica ou colaboração.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Coletâneas e Graphic Novels Têem Crescimento de Mais de 50%


Editoras, distribuidora e lojistas já estão soltando foguetes no mercado norte-americano de quadrinhos: outubro foi um mês de recordes, tanto para o ano quanto para a história, nas listas de HQs mais pedidas à distribuidora Diamond Comics, segundo análise do site ICV2.
O grande destaque foi a subida de 53,9% no mercado de coletâneas e graphic novels, em relação ao mesmo período em 2011. No topo da lista da categoria está Superman: Earth One vol. 2, graphic novel que já havia rendido bons números no primeiro volume. Mas quem fez grana mesmo foi The Walking Dead, cuja segunda edição Compendium (reunindo as edições 49 a 96 em 1068 páginas) chegou ao terceiro lugar mesmo custando US$ 60. E teve mais Walking Dead na lista, com as duas primeiras coletâneas "fininhas" da série nas posições 4 e 5.
Terra UmA categoria de gibis também teve crescimento: 7,4%. Uncanny Avengers #1, primeiro lançamento da Marvel Now, entrou para a lista de mais vendidas do século com 303 mil unidades (apoiadas em vinte capas alternativas). Enquanto a lista registra outras presenças esperadas, como as séries mais vendidas da DC e o final de Vingadores vs. X-Men, a surpresa novamente tem a ver com Walking Dead: a edição 103 da série chegou à nona posição da lista.
Nunca tendo participado do top 10 afora na edição 100, em julho, a presença da edição 103 fez surgir várias teorias entre os analistas de mercado: é o início de um novo arco de histórias, que só será reunido em coletânea no ano que vem, e saiu no mês de estreia da terceira temporada do seriado de TV. De qualquer forma, quebrar a hegemonia de Marvel e DC no top 10, e com uma HQ autoral, é um marco.
Uncanny AvengersPor falar em HQs autorais, a primeira coletânea de Saga, de Brian K. Vaughan e Fiona Staples, foi muito bem na lista de coletâneas e graphic novels: ficou no segundo lugar, superando 15 mil unidades.
A Marvel retomou com força os números do mercado: 35,14% contra 31,51% da DC em arrecadação, 39,54% contra 34,4% da DC em unidades. Com Walking Dead e Saga, a Image Comics subiu consideravelmente: costuma ficar na faixa dos 5%, mas estava com 8,47% na arrecadação e 7,6% em unidades.
O site Comichron registrou que, desde que se tem acesso a estes dados, nunca se viu uma movimentação tão grande no mercado de coletâneas e graphic novels: que superou US$ 8,6 milhões só no mês (sendo que os 0,6 são sozinhos de Walking Dead Compendium 2). O site ainda registra crescimento de 17% no mercado geral em todo o ano, em relação a 2011.